Vozes da UNILAB #003 – Pedro Acosta-Leyva

Nesta edição conversamos com o professor Pedro Acosta-Leyva professor de História e coordenador do BHU no Campus dos Malês da UNILAB – Bahia.

O Vozes da UNILAB é um podcast desenvolvido na Universidade da Integração da Lusofonia Afro-brasileira, no Campus dos Malês que fica na cidade de São Francisco do Conde na Bahia.

Neste podcast vamos ouvir algumas das muitas vozes que fazem parte da UNILAB, conhecendo a trajetória de alguns estudantes, técnicos, professores, enfim, pessoas que vivem e dão vida para esta universidade e seu projeto de integrar o Brasil e os países lusófonos.

Vamos conhecer um pouco da trajetória das pessoas que formam a comunidade da nossa universidade, como conheceram e vieram para a UNILAB, como vivenciam a experiência de estudar ou trabalhar aqui.

Isso  ajuda a mostrar a multiplicidade de vozes que fazem parte da UNILAB, ampliar o horizonte de conversação, reconhecendo a importância e riqueza da diversidade linguística.

Facebook: http://www.facebook.com/vozesdaunilab/

Twitter: http://twitter.com/VozesDaUNILAB

Para dar uma força para o projeto, avaliem e deixe seu recado na página do podcast no itunes. Avaliações positivas nos garantes mais visibilidade e ajudam outras pessoas a encontrar nosso trabalho. Deixe seu comentário, compartilhe com amigos e ajude a melhorar nosso projeto.Ouça sua voz!

One thought on “Vozes da UNILAB #003 – Pedro Acosta-Leyva”

  1. O primeiro capitulo do meu livro que eu escolhi está a tratar da fase de renascimento. Do modo que, nessa época o homem acreditava poder transformar o mundo, romper limites e fazer impossivel tornar possivel. Demostra tambem uma das desastrozas instancias da igreja catolica que é o declinio do poder da mesma igreja. Visto que, duranfe varios séculos, a igreja dominou de tal maneira a vida e a mente dos homens europeus.
    Renescentista nao é época sobre o qual homem acreditava inverter o impossivel para possivel e, nem é uma fase onde a igreja catolica perdeu a sua enorme reputaçao e autonomia, no entanto, é uma época marcada por grandes filosófos e artistas entre os quais Galileu, Aristoteles, Platao e demais. Isto é, criaram-se instrumentos mais adequadas para a navegaçao e essa visao gloriosa do homem originou-se uma concepçao humanista que se refere na produçao artística do renascimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *